Anrap

Respeito ao Meio Ambiente

Você sabia que tanto o fabricante, que realiza o processo de remanufatura, quanto o usuário, que faz a manutenção do veículo com um produto remanufaturado, estão contribuindo para a preservação ambiental?

Ao internalizar o processo de remanufatura, o fabricante passa a diminuir emissões de gases de efeito estufa, consumo de matéria-prima, geração de resíduos, consumo de energia e água. Além disso, aumenta o volume de reciclagem, geração de empregos e a lucratividade sustentável da indústria.

O usuário que retorna o casco (produto que já teve uma vida útil atendida) em boas condições para o fabricante, está colaborando para que a peça usada seja reinserida na cadeia produtiva e os resíduos devidamente destinados sem prejudicar a natureza. Peças sem condições de uso contém resíduos de óleo e outros materiais, que precisam ser descartados no meio ambiente de maneira correta.

Nos últimos anos houve muitas mudanças tecnológicas. Os eletrônicos e as manutenções ficaram mais complexos. Hoje, os itens produzidos têm um ciclo de vida útil mais curto e a idade média da frota atual de transportes no Brasil também está diminuindo. Por isso, cada vez mais, o mercado tem a consciência de que o processo reverso de distribuição e a remanufatura de produtos são essenciais para a sustentabilidade global do nosso planeta. A ANRAP defende práticas de responsabilidade ambiental como o processo de remanufatura, através do qual é possível “reduzir”, “reusar” e “reciclar”!