A convite de Sincopeças-SP, a ANRAP participou (09/04) do Fórum de Reciclagem Automotiva na Automec 2015.

Jefferson Germano, presidente e membro da ANRAP e gerente de aftermarket da Knorr-Bremse para o Brasil e América Latina destacou em sua palestra que a remanufatura é um tema relevante dentro da reciclagem automotiva. Isto porque o processo é fundamentado em práticas de responsabilidade ambiental e demonstra que é possível  “reduzir”, “reusar” e “reciclar”. “O principal objetivo da remanufatura é diminuir emissões de gases de efeito estufa, consumo de matéria-prima, geração de resíduos, consumo de energia e água. Além disso, contribui para a geração de empregos e a lucratividade sustentável da indústria”, comentou. De acordo com o executivo, aproximadamente 70% da receita anual de peças de reposição da América do Sul são do Brasil e da Argentina, e 50% desse volume pode ser remanufaturado. “Os fabricantes reconstituem as peças usadas a partir das rígidas normas de produção de um item novo, considerando todas as atualizações tecnológicas. Para o meio ambiente, o grande benefício é a destinação correta dos resíduos não mais utilizáveis. Já o usuário pode aumentar a durabilidade do veículo e ter uma manutenção mais segura, mais barata (o reman reduz em até 40% os custos de manutenção), com garantia de originalidade e procedência do produto remanufaturado. Juntos vamos construir um setor automotivo melhor”, finalizou.

Publicado por www.anrap.org.br

 
 
298 View