A Rádio Brasil Caminhoneiro, que conta com Sérgio Reis à frente do programa, produziu uma reportagem especial para falar sobre as diferenças entre os produtos recondicionados e os remanufaturados disponíveis no mercado.

Como destacou a rádio, o caminhoneiro tem a fama de ser apaixonado pelo seu caminhão e talvez seja esse um dos motivos que faça com que ele decida não utilizar peças recondicionadas em seu veículo. Ao invés disso, o que muitos caminhoneiros precisam saber é que há no mercado produtos de alta qualidade e com as mesmas garantias de um item original, chamados remanufaturados.

Com o crescente e disputado mercado de autopeças, hoje, muitas empresas resolvem apostar na peça recondicionada para reduzir custos e, junto com esta decisão, podem haver grandes riscos. Isto porque há muitos locais que não se preocupam com a segurança e fabricam a peça recondicionada como se fosse um produto remanufaturado, segundo a rádio, que também alerta:

  • peça recondicionada é reparada apenas onde apresentou falhas e com pouca ou nenhuma substituição de componentes.
  • Já a peça remanufaturada é o contrário. Todos os componentes que sofreram desgastes são substituídos e atendem as mesmas especificações de uma peça nova. Além disso, é feita por profissionais treinados e com alta tecnologia.

Por último, deve-se desconfiar de preços muito baixos. Ao estar atento a estes pontos, dificilmente o usuário será enganado ou estará sujeito a riscos na rodagem.

Clique aqui e ouça a reportagem na íntegra, no site da Rádio Brasil Caminhoneiro.

1016 View