O Brasil possui um histórico de consertos de veículos de maneira corretiva, ou seja, “quebrou, consertou”. Mas, o principal desafio ao realizar uma manutenção automotiva é entender a diferença do uso de um produto remanufaturado e um produto recondicionado. A ANRAP esclarece que o processo de remanufatura do produto é realizado dentro das instalações do fabricante original. Só o fabricante detém o conhecimento para reconstituir a peça dentro dos padrões tecnológicos de produção e deixá-la “nova de novo”. A manutenção com peças remanufaturadas garante que o usuário tenha mais segurança e o veículo maior durabilidade. O remanufaturado é um produto com garantia de originalidade, procedência e suporte técnico do fabricante.

Já no processo de recondicionamento, a peça defeituosa não passa por uma avaliação criteriosa para identificar quais itens necessitam ser reparados. Com isso, apenas os componentes defeituosos são substituídos por outros de procedência duvidosa e, caso o defeito da peça ainda persista, não há um suporte técnico devido e confiável. O produto é consertado sem seguir quaisquer normas tecnológicas ou processos seguros de produção. Esta origem duvidosa expõe o usuário a riscos de acidentes e reduz, consideravelmente, o tempo de uso do veículo.

Saiba deferenciar

O processo de REMANUFATURA:

  • Faz uso de peças usadas (casco) como matéria-prima;

  • O fabricante realiza a desmontagem completa do componente, para recuperá-lo;

  • Após desmontadas, todas as partes são limpas;

  • Itens defeituosos são completamente substituídos por novos, incluindo atualizações tecnológicas;

  • Após a montagem do produto, o fabricante realiza testes de qualidade;

  • O produto retorna ao mercado com certificação de procedência, originalidade e garantia de fábrica.

O processo de RECONDICIONAMENTO:

  • Faz uso de produtos defeituosos;

  • Realiza apenas a detecção do problema, pontualmente;

  • A desmontagem do componente acontece apenas na parte onde há o defeito;

  • É feita a remontagem, caracterizando o produto como “reparado”;

  • Todo o trabalho é mecânico, sem qualquer norma tecnológica;

  • O cliente permanece com o mesmo produto, sem atualizações.

89 View